Montadoras de vários países sofrem fiscalização na União Europeia

Na última década, a Comissão Europeia emitiu multas totais no valor de de 2,2 bilhões de euros contra cartéis de autopeças que lidam com produtos que vão de freios a chicotes elétricos, cintos de segurança e airbags.

Suspeita de violação de regras de defesa da concorrência deflagraram ações de fiscalização em montadoras de automóveis em diversos países da União Europeia. O órgão de concorrência da UE informou em comunicado que as inspeções e pedidos de informação dizem respeito a um possível conluio em relação à recolhimento, tratamento e recuperação de carros no fim da vida útil que são considerados resíduos. As empresas envolvidas em violação das regras que protegem a livre concorrência da UE podem enfrentar multas de até 10% de seu faturamento global.

Algumas marcas responderam à agência Reuters. A alemã BMW disse que recebeu um pedido de informações e que vai respondê-lo. A Mercedes Benz explicou que não espera ser multada porque propôs leniência e está cooperando com a Comissão e com a Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido (CMA).

A Ford escreveu em comunicado que recebeu uma notificação da CMA “relativa à reciclagem de veículos antigos ou descartados, especificamente carros e vans, também conhecidos como veículos em fim de vida”. A Renault confirmou que foi visitada por investigadores da Comissão Europeia e está cooperando plenamente.

A Volkswagen e sua marca premium Audi se recusaram a comentar o assunto. As montadoras Stellantis e Ferrari não responderam imediatamente a pedidos de comentários. As inspeções foram realizadas em 15 de março.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Montadoras de vários países sofrem fiscalização na União Europeia"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    POIS É, NOBRES AMIGOS QUE SEMPRE ACOMPANHAM ESSAS EXCELENTES POSTAGENS.
    NA EUROPA, AS LEIS SÃO CUMPRIDAS “AO PÉ DAS LEIS CONSTITUCIONAIS”!
    POR QUÊ AQUI NO BRASIL NÃO É ASSIM?
    TODOS OS CARTÉIS CRIMINOSOS, DEVEM SER SUMARIAMENTE PUNIDOS, SEMPRE!
    DOA A QUEM DOER!

Os comentários estão encerrados