Alívio para os condenados por formação de cartel

Está marcada para 2 de outubro, pelo juiz federal Adel Americo Dias de Oliveira, titular da 22ª Vara Federal de Porto Alegre (antiga 3ª criminal), audiência para definição da suspensão condicional do processo que condenou por formação de cartel, em 2006, Luiz Moan Yabiku Júnior (GM), Aliberto Alves (Sindicam) e Paulo Roberto Guedes (ANTV). Eles poderão ter o processo suspenso pelos próximos quatro anos, conforme prevê a Lei.