Sintravers já alijou da GM transportadora associada

A Beto’s Car, empresa associada ao Sintravers, questionou, por correspondência eletrônica, o fato de não ter sido avisada sobre reunião ocorrida na entidade no último dia 25. Na pauta, assuntos ligados a possibilidade de associados serem agregados à Bonança, empresa paulista que tem a bandeira levantada pelo presidente Jefferson de Souza Casagrande, o Bolinha. O dono da transportadora, Adalberto de Souza Pinto, também afirmou que já foi vítima do mesmo tipo de pressão sofrida pela JLS. A empresa dele foi vetada pelo presidente do Sintravers, que por meio de e-mail, alijou a Beto’s Car do transporte de veículos da GM.

A Beto’s Car é a associada que ingressou na Justiça com ação denunciando um desvio de R$ 3,2 milhões dos cofres do sindicato gaúcho. Ele pede o ressarcimento dos valores ao caixa do Sintravers.

Na extensa correspondência eletrônica encaminhada inclusive para policiais federais, promotores e procuradores da República, o dono da empresa confirmou o que o presidente do Sintrave-GO, Afonso Rodrigues de Carvalho, denunciou sobre o esquema para afastar a JSL.

Adalberto, proprietário da Beto’s Car, ressalta que a negativa do empresário Sérgio Gabardo em participar de qualquer acordo nesse sentido, “despertou a ira do sr. Jefferson (Bolinha)”. A partir daí, segundo o e-mail, Bolinha e o diretor executivo do Sindicam, Gilmar Donizete, o Mexicano, viraram os olhos para a Bonança, empresa com dezenas de ações de cobrança de débitos. A ideia é trabalhar para passar as cargas da JSL para a Bonança.