Ação da Polícia Militar garante acesso à fábrica da Caoa/Chery bloqueada desde segunda-feira por cartel dos cegonheiros

Veículos produzidos pela Caoa/Chery, em Jacareí (SP), começaram a deixar a fábrica  no início da tarde desta quinta-feira (11). Desde segunda-feira (8), a montadora estava bloqueada por ação de empresários e sindicalistas vinculados ao cartel dos cegonheiros.

A interdição foi deflagrada por empresários que perderam o direito de transportar os veículos da marca em processo marcado pela livre concorrência, no qual venceu a proposta com menor preço e melhores condições técnicas.

Na quarta-feira, o juiz Maurício Neiva, titular da 2ª Vara Cível do Foro de Jacareí (SP), determinou o desbloqueio imediato da fábrica. Hoje pela manhã, manifestantes descumpriram a ordem judicial e mantiveram a fábrica fechada. No início da tarde, com o apoio da Polícia Militar, os acessos foram desbloqueados.