Transportes Gabardo sofre sexto ataque incendiário. Em 12 dias, criminosos atearam fogo em 16 caminhões

Criminosos voltaram a atacar a Transportes Gabardo no início da madrugada deste sábado, 27. Os incendiários atearam fogo em um caminhão-cegonha carregado com veículos destinados à locadora Localiza enquanto o motorista dormia na boleia. Os bandidos agiram no estacionamento do Posto Balança, no município pernambucano de São Caitano.

A cegonha e a carga foram totalmente destruídas (foto abaixo). O motorista acordou a tempo de desengatar o caminhão da carreta. Chama a atenção a ousadia dos incendiários. Desta vez eles atearam fogo ao veículo da Gabardo bem próximo às bombas de combustível (conforme mostra vídeo gravado no local).

ataque-pernambuco2

Os ataques à transportadora começaram após a empresa gaúcha conquistar a vaga de operadora logística da montadora Chery, instalada no município de Jacareí, no Interior de São Paulo. As manifestações em frente à fábrica de automóveis e os incêndios são uma represália do cartel dos cegonheiros à decisão da Chery de abrir concorrência para selecionar prestadores de serviço para escoar a produção da marca até a rede de concessionárias. Com o processo, as transportadoras Brazul e Tegma perderam o cliente.
Com a melhor proposta (valor dos fretes inferior ao praticado pelo cartel e condições técnicas superiores) a Transporte Gabardo venceu a concorrência.

Crimes ocorreram em quatro estados
Em 12 dias, dezesseis caminhões foram incendiados. Os criminosos já agiram em quatro estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco. Antes dos incêndios, caminhões da Gabardo foram atingidos com miguelitos na saída da fábrica. O vandalismo danificou veículos novos que estavam sendo transportados até concessionárias da Chery.