Polícia Civil de Jacareí investiga tentativa de homicídio contra funcionário da Gabardo

A escalada da violência contra a Transportadora Gabardo parece não ter limites. Desde que venceu concorrência aberta pela montadora Caoa-Chery para escoar os veículos produzidos em Jacareí (SP) até a rede de concessionárias da marca, a empresa gaúcha sofreu dezenas de ataques e incêndios criminosos em quatro estados diferentes. O último ataque ocorreu próximo ao acesso à montadora, na noite de 21 de novembro. Um automóvel da transportadora foi alvejado por quatro tiros. O crime só não teve consequências mais graves porque o carro era blindado. O motorista saiu ileso. O atentado ocorreu na Estrada Abade Biagini, por volta das 22h.

O caso foi registrado pelo delegado Tarsis Sávio da Silva e está sendo investigado por agentes da 2º Delegacia de Polícia de Jacareí. Em nota encaminhada ao site Livre Concorrência, a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo informou que além de outros atentados, “a tentativa de homicídio registrada no dia 21 de novembro segue em investigação por meio de inquérito policial na unidade”.

Para facilitar as investigações
A nota destacou ainda a importância de as vítimas registrarem boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil:

“É importante ressaltar que as pessoas que se sentirem ameaçadas ou intimidadas deverão chamar a PM imediatamente pelo telefone 190 ou acionar o policial que estiver mais próximo. Também é importante a vítima registrar o boletim de ocorrência para que o caso seja apurado.”