Polícia de Jacareí segue investigando vandalismo e tentativa de homicídio registrados no bloqueio à fábrica da Caoa-Chery

Os atos de vandalismo e tentativa de homicídio registrados no final do ano passado no entorno da fábrica da Caoa-Chery, em Jacareí, seguem sendo investigados pelo 2º Distrito Policial da cidade localizada no interior de São Paulo. Com exclusividade ao site Livre Concorrência, a Secretaria da Segurança do Estado (SSP) de São Paulo informou que os crimes praticados contra veículos e funcionários da Transportadora Gabardo estão sendo apurados em dois inquéritos.

Os ataques foram deflagrados após a empresa gaúcha vencer concorrência aberta pela montadora para escoar os veículos produzidos em Jacareí até a rede de concessionárias da marca. Transportadoras ligadas ao cartel dos cegonheiros, que controla com mãos de ferro o setor, perderam a disputa.

Sobre a tentativa de homicídio, a secretaria de Segurança informa:

“A vítima foi ouvida, assim como algumas testemunhas, e exames
periciais foram anexados ao inquérito. A equipe segue realizando diligências.”

Em relação aos ataques contra os veículos da Gabardo, a SSP revela:

“Sobre as investigações de danos de automóveis, parte dos envolvidos prestou depoimento e os que moram em outras cidades estão sendo ouvidos nas respectivas delegacias, para as quais foram expedidas cartas precatórias para realização das oitivas.”

A nota foi emitida em 2 de agosto.