Chapa de oposição é integralmente impugnada por comissão formada para acompanhar eleições no Sintravers

A Comissão nomeada para acompanhar a eleição no Sindicato dos Cegonheiros do Rio Grande do Sul (Sintravers), programada para quinta e sexta-feira (8 e 9), impugnou a candidatura de nove integrantes da chapa de oposição “Sindicato Forte em Suas Mãos”. Um por ter menos de seis meses como associado e os outros por “não fazerem efetivamente parte do quadro social da entidade”.

Os pedidos de impugnações foram encaminhados pela chapa Unidade na Luta, liderada pelo atual presidente e candidato à reeleição Jefferson de Souza Casagrande (Bolinha). Diante do resultado, a situação pediu a impugnação total da chapa, que restou com apenas oito integrantes. O estatuto da entidade determina um mínimo de dez membros. Por conta disso, a comissão acatou novo pedido da situação e impugnou integralmente a chapa de oposição, por não preenchimento de todos os cargos definidos como efetivos. Silvio Dutra, líder da chapa cassada, prometeu recorrer à Justiça.

A oposição também pediu a impugnação de Bolinha e de outro colega dele. O atual presidente estaria impedido de concorrer por “não participar efetivamente da atividade econômica de transporte de veículos novos”. Também alegaram atraso nas mensalidades.

Sobre o caso do Bolinha, a comissão rejeitou a impugnação:

“São válidas as alegações e documentação apresentadas pela defesa do senhor Jefferson de Souza Casagrande.”

Houve o seguinte entendimento:

“Ficou demonstrado a participação efetiva do candidato na atividade econômica de transporte de veículos novos há pelo menos um ano, demonstrada por meio de relatórios de viagens fornecidos pelas empresas JSL.”

A candidatura de José Carlos de Araújo Carvalho (situação) foi excluída da nominata por uma questão estatutária. A empresa dele tem menos de seis meses de existência.

As conclusões sobre as impugnações da chapa 2 e do próprio Bolinha não foram unânimes. O parecer da comissão é datado de 30 de setembro.

A comissão eleitoral é composta por três membros:
Márcia Azambuja Giordano, presidente
Raquel Machado, vice-presidente
Cristiane Malmann, secretária