Facebook passa a valer US$ 1 trilhão após acusação de monopólio ser rejeitada por tribunal

Para juiz, órgão antitruste norte-americano não demonstrou que o Facebook detém uma participação de 60% ou mais no mercado de mídia social.

A CNN informa que o valor de mercado do Facebook passou a valer um trilhão de dólares depois de um juiz dos Estados Unidos indeferir processo antitruste proposto pela Comissão Federal de Comércio norte-americana (FTC) contra a gigante das redes sociais.

O juiz James Boasberg, do Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito de Columbia, concluiu que a FTC não conseguiu demonstrar que o Facebook tinha poder de monopólio no mercado de redes sociais.

Ele justificou a decisão:

“Falhou [o FTC] em alegar fatos suficientes para estabelecer de forma plausível que o Facebook (FB) tem poder de monopólio no mercado de Personal Social Serviços de rede (PSN).”

Para o magistrado, não ficou provado que o Facebook detém uma participação de “60% ou mais” no mercado de mídia social.

Após a sentença, as ações do Facebook sofreram alta de mais de 4%, empurrando o valor de mercado da empresa para mais de US$ 1 trilhão pela primeira vez.

A CNN acrescentou:

“A decisão é um revés para os reguladores antitruste que haviam pedido o desmembramento da empresa. Mas enquanto o juiz rejeitou a reclamação da FTC, ele também se recusou a encerrar o caso em geral, dizendo que os problemas com o processo da FTC poderiam ser resolvidos se a agência apresentasse uma reclamação alterada.”