Acusações de ex-proprietário da Esquadra também foram levadas ao conhecimento do Cade para avaliação

Nos documentos que o site Livre Concorrência teve acesso, Tecban e TBForte reportam que, como parte de uma provável nova rodada de ataques, tomaram conhecimento de declaração de um dos proprietários da Esquadra Transporte de Valores e Segurança, empresa de menor porte, que decidiu encerrar suas atividades em transporte de valores e que provavelmente já vendeu seus ativos remanescentes.

Marcos Vinicius Ferreira Gonçalves, quotista da Esquadra, lavrou em escritura pública perante o 7º Tabelionato de Notas de Belo Horizonte(MG), apontando uma série de acusações e fatos infundados que revelam o caráter persecutório. Diante de temerárias acusações, a TecBan ajuizou perante a Comarca de Belo Horizonte ação contra Marcos Vinicius em que requer “a imediata retratação das falsas alegações e a abstenção de atos similares”. A declaração, que apresenta erro grosseiro, encontra-se agora em discussão judicial. No documento firmado em cartório é dado fé que o declarante “é maior. Nascido em 12 de março de 2005 – portanto com 15 anos”, segundo constatou o Livre Concorrência.

Diante de notícia de que a Esquadra possivelmente teria encerrado suas atividades, a TecBan e a TBForte questionam qual foi a destinação dos numerosos ativos da Esquadra que informa retirar-se do mercado – se foram adquiridos por Prosegur, Brink’s ou Protege. A petição questiona, inclusive, se tal operação seria de notificação obrigatória ao Cade.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Acusações de ex-proprietário da Esquadra também foram levadas ao conhecimento do Cade para avaliação"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    AS NOSSAS LEIS DEVEM SER CUMPRIDAS E, DEVIDAMENTE APURADAS AS INVESTIGAÇÕES EM CURSO!
    DOA A QUEM DOER!
    O NOSSO BRASIL AGORA ESTÁ SOB UM NOVO REGIME PRESIDENCIAL, ONDE TODOS OS CONDENADOS DEVEM PAGAR POR SEUS DELITOS, IMEDIATAMENTE!
    “BRASIL ACIMA DE TUDO. DEUS ACIMA DE TODOS!”

Os comentários estão encerrados