Cade prorroga pela 9ª vez consecutiva inquérito sobre ações do cartel dos cegonheiros

Pela nona vez consecutiva, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) prorrogou o inquérito administrativo que investiga ações da associação criminosa que controla o setor de transporte de veículos novos no país. Desde que se iniciou a tramitação, em 16 de fevereiro de 2016, sob a alegação das “circunstâncias do caso concreto”, o órgão antitruste vem prorrogando o andamento do procedimento, sempre 60 dias a cada ato. A denúncia de possível acordo em detrimento da livre concorrência, entre as empresas Tegma, Gestão Logística, Brazul Transporte de Veículos, Transcar Transportes e Sindicato dos Cegonheiros do Espírito Santo, anda a passos lentos.

O andamento do inquérito teve o acréscimo de fatos ocorridos durante a contratação da Transilva Log pela importadora Kia Motors. Foi levado ao conhecimento do Cade pela Procuradoria da República de São Bernardo do Campo-SP. Até agora a única decisão da autoridade antitruste foi no sentido de favorecer uma das representadas, a Brazul Transporte de Veículos, única empresa que obteve autorização para acessar ao chamado apartado restrito. Outros dois interessados que solicitaram, tiveram o pedido negado pelo Cade, o que comprova a ausência de tratamento isonômico.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Cade prorroga pela 9ª vez consecutiva inquérito sobre ações do cartel dos cegonheiros"

  1. Luiz Carlos Bezerra disse:

    É lamentável que ainda ocorram tamanhos descasos neste caso, por parte do CADE!
    Onde estariam as clarezas destas acusações, haja vista a certeza de existência de um CARTEL, comandado pela SADA; com apoio da BRAZUL e outras!!
    Até onde vamos parar???
    Isso é vergonhoso para o nosso País!!!
    O MPF faz seu papel, mas os entraves de alguns órgãos, supostamente cooptados, continuam prevalecendo!!!

Os comentários estão encerrados