Cartéis impedem inovação e adoção de processos eficientes

Nos Estados Unidos, um aplicativo chamado Convoy, cujos sócios são Bill Gates e Bono Vox, aproxima cargas de caminhoneiros. Dos 3,5 milhões de trabalhadores nas estradas norte-americanas, 400 mil são autônomos. Aqui a ação de cartéis torna o Brasil impermeável aos avanços da inovação. O feudo de determinadas transportadoras, sobretudo no setor de transporte de veículos novos, impede a adoção de novos processos, a redução de custos e o aumento da renda dos trabalhadores do setor. Fora desse círculo vicioso, a competição e a concorrência asseguram desenvolvimento.

Na maior economia do mundo também existe o Uber Freight. Matéria da Folha de São Paulo informa que o serviço pode se tornar atraente no Brasil. Segundo estudo de 2014, os caminhões brasileiros trafegam com 61% de sua capacidade de carga. Em 39% das viagens, os veículos circulam vazios.

Nos EUA, a experiência é de aumento de 30% na renda dos caminhoneiros. Já há versões nacionais, que ainda engatinham — entre elas, as startups Fretebras e TruckPad.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Combate aos cartéis Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen