Cegonheiros pernambucanos mantêm protesto há 168 dias

Os cegonheiros pernambucanos filiados ao Sintraveic-PE completam nesta quinta-feira, 15 de fevereiro, 168 dias de protesto contra a organização criminosa que continua controlando o setor de transporte de veículos novos no país e impedindo a participação de novos agentes econômicos no setor. Eles estão mobilizados na tentativa de conquistar uma fatia do transporte dos veículos produzidos pela FCA/Fiat em Goiana. Chamam a atenção para que o Prodeauto, programa de incentivo do governo estadual, seja cumprido.

Alvo constante de ações judiciais, os cegonheiros iniciaram a movimentação estacionando caminhões-cegonha nas principais avenidas de Recife. Por determinação judicial impetrada pelo governo do Estado e pela Prefeitura da capital pernambucana, foram obrigados a deixar o local. Deslocaram-se para a praia de Boa Viagem. Uma nova decisão judicial fez com que o grupo se dirigisse para a BR-101, nas imediações da montadora, no Norte do Estado.

Resistência
Acampados em condições precárias, os cegonheiros dão exemplo de resistência. Segundo os organizadores, “também mostram o respeito da categoria às determinações judiciais”. O grupo lamenta, por outro lado, “que o governo liderado por Paulo Câmara não tenha a mesma postura, fazendo cumprir a lei, principalmente no que diz respeito ao Prodeauto junto à direção da montadora italiana”.

O transporte dos veículos produzidos pela FCA/Fiat está sendo realizado pela Sada, empresa de propriedade do atual prefeito de Betim, Vittorio Medioli, que utiliza cegonheiros mineiros e paulistas. A Sada é integrante da ANTV, entidade extinta pela Justiça Federal por participação na formação de cartel no setor de transporte de veículos novos. Medioli responde a outras ações penais, uma delas sob a acusação de formação de cartel e de quadrilha, movida pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). As ações estão no Tribunal de Justiça de Minas Gerais por conta do foro especial.

Crédito da foto: Divulgação Sintraveic-PE

 

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Cegonheiros pernambucanos mantêm protesto há 168 dias"

  1. Luiz Carlos Bezerra disse:

    PREZADOS LEITORES. NÓS QUE FAZEMOS PARTE INTEGRANTE DA DIRETORIA DO ÚNICO E AUTÊNTICO SINDICATO, DENOMINADO SINTRAVEIC-PE, CUJO SUA SEDE FICA LOCALIZADA EM GOIANA-PE, SOB A PRESIDÊNCIA DO SR. JOSÉ MILTON DE FREITAS, JAMAIS DESISTIREMOS E JAMAIS NOS DECLINAREMOS ÀS PRESSÕES OCASIONADAS POR ESTA ORGANIZAÇÃO (CARTEL).
    SOMOS TRABALHADORES DO RAMO DE TRANSPORTES DE VEÍCULOS E SÓ LUTAMOS POR UM ESPAÇO DE TRABALHO, DENTRO DOS PADRÕES AO QUAL TEMOS PLENO DIREITO, SEGUNDO DETERMINA A LEI PRODEAUTO, NÃO CUMPRIDA ATÉ A PRESENTE DATA.
    ESTAMOS CANSADOS SIM, MAS NUNCA ARREPENDIDOS E DESANIMADOS, HAJA VISTA CONFIARMOS NO PODER JUDICIÁRIO, QUE VEM LUTANDO TAMBÉM PARA MUDAR ESTE PAÍS, DESTES E OUTROS DESMANDOS, QUE ASSOLAM E MASSACRAM O POVO BRASILEIRO.
    AQUI EM PERNAMBUCO, SÓ LUTAMOS POR RESPEITO! É POR ISSO QUE CONTAMOS COM O MPF, BEM COMO INSTÂNCIAS SUPERIORES!
    NOSSA LUTA, NOSSA VIDA!!!
    PERNAMBUCO NÃO É QUINTAL DE MINAS!
    “OS FRUTOS PRODUZIDOS NESTA REGIÃO, SÃO PROPRIEDADES DOS PERNAMBUCANOS!”
    CUMPRA-SE A LEI!!!

Os comentários estão encerrados