Diretrizes para livre concorrência no setor de combustíveis busca atrair investimentos e gerar empregos

Se vale para o setor de abastecimento de combustíveis, também poderia ser implantado e implementado com sucesso no transporte de veículos novos. O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou resolução para fomentar a livre concorrência no setor de combustíveis. O objetivo é ampliar a competição, atrair investimentos e gerar empregos.

Segundo a resolução, caberá ao Ministério de Minas e Energia preparar estudos sobre modelos de negócios e arranjos societários entre agentes regulados, de forma a subsidiar a formulação de medidas voltadas para a ampliação da competitividade e o combate à sonegação e à adulteração de combustíveis, práticas que, segundo o CNPE, distorcem a concorrência no setor.

A diretrizes foram publicadas na edição de 11 de junho do Diário Oficial da União (DOU).

Pelo documento, o CNPE estabelece vários prazos para conclusão de estudos e a deliberação sobre temas como comercialização, tutela regulatória do uso de marca comercial, usos de gás liquefeito de petróleo (GLP), aprimoramento da disponibilidade de informação de comercialização, especialmente sobre preços e volumes, e a divulgação do quadro societário do revendedor varejista de combustíveis.

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen