Em um ano, preços de produtos de festa junina subiram 11,41%

Em 2023, o aumento foi menor do que o registrado em 2022. Ainda assim ficou bem acima dos 4,07% da inflação oficial registrada nos últimos 12 meses.

Do Rio de Janeiro

Promover os festejos juninos ficou mais caro em 2023. De acordo com uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/IBRE), os preços dos ingredientes para o preparo dos principais pratos e quitutes tradicionais das festas juninas aumentaram em média 11% nos últimos 12 meses (11,41%). Vale destacar que, nesse mesmo período de alta dos produtos juninos, o IPCA-15, que é uma prévia da inflação oficial, acumulou alta de 4,07%.

Em 2022, esses mesmos produtos subiram 15,29%, com destaque para o fubá e o milho, que registraram alta de 41%. Esse ano, o aumento foi menor (11,41%), mas ainda muito acima da inflação de 4,07%.

O levantamento da FGV considerou 27 alimentos, dos quais o fubá de milho foi o campeão, com aumento de 42,48% em um ano. A farinha de mandioca ficou 38% mais cara. Em seguida, aparecem o milho em conserva (34,59%), o milho de pipoca (34,15%) e a batata doce (32,11%). Nem a maçã do amor escapou, registrando aumento de 14,61%. Já os ovos subiram quase 30% no período. Em contrapartida, houve uma redução no preço do açúcar refinado, que caiu -2,16%.

Para Leandro Rosadas, especialista em gestão de supermercados, a alta dos itens para festa junina não surpreende. O economista esclarece que esse fenômeno é explicado por vários fatores: entressafra, câmbio, clima e instabilidade política. Ele acrescenta:

“Alguns produtos da lista são commodities, ou seja, têm seu valor atrelado aos preços internacionais, sendo afetados pelas variações da taxa de câmbio real/dólar.”

Para ajudar os brasileiros na economia dos festejos juninos, a educadora financeira Aline Soaper oferece dicas de como diminuir os custos dos produtos típicos.

Defina um teto de gastos:

“Separe um valor para ser gasto nas festas juninas, isso ajudará a manter o controle financeiro da casa em ordem e não sucumbir às tentações das compras por impulso.”

Fique de olho nas festividades mais baratas:

“Festas juninas que acontecem nas praças dos bairros costumam ter preços mais acessíveis do que outras. Lá será possível encontrar quitutes mais baratos e sua família ainda incentivará um pequeno produtor local.”

Faça sua festinha em casa:

“Se ir aos festejos ainda ficar apertado no bolso da família, uma boa opção é fazer uma celebração temática em casa, com os amigos e familiares, onde cada convidado leva um prato típico para encorpar a festa.”

Aline Soaper é fundadora do Instituto Soaper. Há sete anos atua como educadora financeira e formadora de outros especialistas nesta área.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen