Empresários de Santa Catarina são condenados por formação de cartel. Grupo fixava preços e controlava mercado de emissão de CNH

A Justiça de Santa Catarina condenou cinco empresários donos de Centros de Formação de Condutores (CFCs) por formação de cartel. Conforme denúncia acolhida pela Vara Criminal da comarca de São Miguel do Oeste, os réus mantiveram encontros, entre 2013 e 2016, para controlar o setor e combinar preços dos serviços prestados por autoescolas, principalmente os referentes à emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias A, B e AB.
Prejuízo aos consumidores
A sentença, publicada em 21 de janeiro, critica toda a forma de cartel:

“Os cartéis, por implicarem aumentos de preços e restrição de oferta e nenhum benefício econômico compensatório, causam graves prejuízos aos consumidores, tornando bens e serviços completamente inacessíveis a alguns e desnecessariamente caros para outros.”

Cada empresário foi condenado a dois anos e seis meses de prisão. As penas foram substituídas por prestação de serviços à comunidade e pagamento de prestações pecuniárias que, somadas, chegam a R$ 457,8 mil. Ainda cabe recurso da decisão.
Um caderno contendo várias anotações das reuniões que comprovam  o pacto entre os réus foi apreendido durante as investigações. O ágio cobrado pelo grupo colocava o preço dos serviços oferecidos à comunidade sempre próximos ao valor máximo estabelecido pelo Detran/SC. A diferença para o preço mínimo tabelado ultrapassava R$ 800.
 

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Empresários de Santa Catarina são condenados por formação de cartel. Grupo fixava preços e controlava mercado de emissão de CNH"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    É meus amigos deste Portal.
    Esta corja existe em quase todos os segmentos de nosso País. Que coisa lamentável!
    Ainda bem que agora, nos dias atuais, as investigações contra este e todos os demais cartéis, estão devidamente sendo apuradas, para as suas extinções.
    Neste caso, fica claro então o porquê de haver tantos condutores de veículos, sem qualificações, o que causaram sérios riscos à população, no geral!
    Agora, vamos torcer para que outros cartéis imundos, sejam devidamente extintos também!
    Parabéns à Justiça Catarinense e a este Portal magnífico, com suas informações!
    RESPEITEM A LIVRE CONCORRÊNCIA!

Os comentários estão encerrados