Entidade que congrega cegonheiros ligados ao cartel marca assembleia para 30 de agosto em São Bernardo do Campo

Criada há cerca de sete anos, a Feiceg quer reunir sete sindicatos patronais da categoria, todos vinculados ao cartel dos cegonheiros. O local escolhido para o encontro é o Buffet e Restaurante Pingus, em São Bernardo do Campo (SP), distante 1.024 quilômetros da sede da entidade, que está registrada em Brasília (DF).

De São Paulo

Às vésperas do trânsito em julgado da condenação do Sindicato Nacional dos Cegonheiros (Sinaceg), por formação de cartel no setor de transporte de veículos, uma outra entidade – criada com a mesma estrutura e dirigentes do sindicato que não poderá mais recorrer da sentença que o proibiu de atuar em outros estados – começa a intensificar suas operações no Brasil. A Federação Interestadual dos Cegonheiros (Feiceg) está retomando as atividades em defesa dos interesses do seleto grupo de transportadores que controla os fretes de veículos zero-quilômetro no país. A convocação para a assembleia que deverá eleger a diretoria executiva e o conselho fiscal foi publicada no dia 27 do mês passado.

O evento ocorrerá a partir das 14 horas do dia 30 de agosto, na avenida Maria Servidei Demarchi, 2100, em São Bernardo do Campo (SP). Embora a entidade esteja registrada no Setor de Diversões Sul, em Brasília (DF), o local escolhido é o restaurante PIngus, utilizado tradicionalmente para acolher as assembleias do Sinaceg. Coincidentemente a sentença condenatória foi exarada em 2016, mesmo ano da fundação da Feiceg. Foi no Pingus que integrantes da entidade paulista se reuniram e decidiram ressarcir os prejuízos do incêndio criminoso que destruiu cerca de 25 caminhões-cegonha em fevereiro de 2020.

Assinada pelo ex-presidente do Sinacg, Jaime Ferreira dos Santos, o edital “convoca” pelo menos sete sindicatos regionais da categoria, e excluiu outros, a exemplo de entidades do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Goiás (2), um deles é o Sintrave-GO, comandado por Afonso Rodrigues de Carvalho, mais novo aliado do cartel dos cegonheiros. Estão sendo chamados à São Bernardo do Campo, sindicatos de São Paulo (2), de Santa Catarina, do Paraná, da Bahia, do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, presidido por Waldelio de Carvalho dos Santos, que entabula delação premiada no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), onde um inquérito administrativo investiga prática de infrações à ordem econômica – formação de cartel – no setor de atuação da Feiceg.

Comandos regionais
Desde a condenação por formação de cartel, integrantes do Sinaceg – entidade proibida pela sentença de operar em estados onde existe entidade representativa da categoria em funcionamento, inclusive de participar de negociações de frete em todo o território nacional – iniciaram a tomada de assalto de sindicatos regionais. Exemplos claros ocorreram no Paraná e no Rio Grande do Sul, onde o Sindicato dos Cegonheiros (Sintravers), que denunciou a formação de cartel nos anos 2000, amargou um processo de desidratação. Discordando de algumas imposições feitas pelo chamado “comando central” vindo de São Bernardo do Campo, a entidade viu seus associados serem pressionados a participarem de outra entidade paralela, o Sintracergs, presidido por Silvio Miguel Coelho Dutra, ex-presidente do Sintravers. As mensalidades, com a conivência das transportadoras vinculadas aos grupos Sada e Tegma, foram parar no novo sindicato que, segundo fontes ouvidas pela reportagem, “obedece as ordens vindas de São Paulo”.

Os comandos regionais foram comprovados pelo Cade. Em procedimento preparatório por prática de shan litigation provocado pelo Sinaceg, a autoridade antitruste expos o fato de que os transportadores, intimados a prestar esclarecimentos, afirmaram serem associados a pelo menos seis sindicatos patronais regionais de cegonheiros. O procedimento foi arquivado pela autarquia por falta de documentos que pudessem comprovar as alegações. As “mensalidades” pagas a diversos sindicatos concomitantemente podem ser um dos fatores geradores do sobrepreço cobrado a título de frente, repassados integralmente aos consumidores.

De acordo com fontes consultadas pela reportagem, há informações de que sindicatos regionais contribuem com cerca de R$ 3 mil mensais cada um. Há, ainda, cegonheiros que preferem manter o anonimato, mas asseguram que a Feiceg, tendo em vista o iminente trânsito em julgado da ação que condenou o Sinaceg, deverá assumir o papel da entidade condenada. Procurado, Jaime Ferreira dos Santos, que assina a convocação da assembleia preferiu não dar retorno.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Combate aos cartéis Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Entidade que congrega cegonheiros ligados ao cartel marca assembleia para 30 de agosto em São Bernardo do Campo"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    BOM DIA, NOBRES AMIGOS QUE SEMPRE ACOMPANHAM ESSAS MARAVILHOSAS MATÉRIAS DESSE PORTAL.
    COMO JÁ TENHO DITO HÁ VÁRIOS ANOS, TODOS OS ALVARÁS DE FUNCIONAMENTO DAS TRANSPORTADORAS DE VEÍCULOS VINCULADAS A ESSA FACÇÃO CRIMINOSA, DENOMINADA “CARTEL DOS CEGONHEIROS”, JÁ DEVERIAM TER SIDO CANCELADOS, POIS OS CRIMES E OS PREJUÍZOS CAUSADOS A NOSSA NAÇÃO, POR ESSA ENTIDADE, NÃO MERECEM PERDÃO! SÓ DESSA FORMA QUE ESSE CARTEL DEIXARIA DE EXISTIR, NÃO É MESMO?
    OS ESTADOS DE NOSSA PÁTRIA AMADA “BRASIL”, QUE POSSUEM SUAS ENTIDADES PATRONAIS FUNDAMENTADAS, QUE NÃO INTEGRAM ESSA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA, MERECEM RESPEITO.
    ELES ESTÃO FAZENDO DE TUDO PARA MONTAREM NOVAS BASES SINDICAIS INDEVIDAMENTE EM TODO BRASIL. FATO ESSE QUE SE CARACTERIZA COMO “CRIME INCONSTITUCIONAL”!
    SENDO ASSIM, A JUSTIÇA TERÁ CERTAMENTE QUE ATUAR EM PROL DOS TRANSPORTADORES DE VEÍCULOS, QUE NÃO INTEGRAM ESSA FACÇÃO!
    O BRASIL NÃO PODE CONTINUAR NAS MÃOS DESSES CRIMINOSOS!
    ASSIM ESPERAMOS!
    SALVEM NOSSA NAÇÃO!

Os comentários estão encerrados