Cegonheiros empresários: MPF apura se transportadoras decidiram punir e intimidar a Volkswagen

O Ministério Público Federal (MPF) de São Bernardo do Campo (SP) anunciou por meio de nota que investigará o “locaute” (greve ilegal de patrões) deflagrado no município desde o dia 29 do mês passado. Os procuradores querem saber se o movimento  tem a nítida intenção de “punir” a Volkswagen do Brasil, “por estar planejando mudar de fornecedor de serviço de transporte de veículos novos”.

O MPF está com sua lupa voltada para os acontecimentos, segundo apurou o portal Livre Concorrência, antes mesmo do início da paralisação dos cegonheiros. Há uma espécie de acompanhamento branco desde que a Volkswagen abriu o processo denominado BID (cotação de preços). Na semana passada, no entanto, atenção especial foi dada a partir de boatos sobre o planejamento da paralisação.

MPF apura locautes no setor desde 2016
De acordo com o MPF, está em andamento um inquérito civil, instaurado no ano passado, que acompanha os locautes das empresas de transporte de veículos novos (cegonheiros) na Volkswagem. “O foco do procedimento é a defesa da concorrência”. A assessoria de Comunicação Social do órgão ministerial confirmou a notícia veiculada ontem pelo portal Livre Concorrência a respeito da notificação à montadora e ao Sinaceg”.

O movimento que bloqueou a montadora é comandado pelo Sindicato dos Rodoviários, que congrega motoristas e cobradores de ônibus, em nome do Sinaceg. A entidade está proibida pela Justiça Federal de promover manifestações em qualquer montadora do País, mas mantém associados mobilizados em frente aos portões da Volkswagen. O Sinaceg é considerado o braço político da organização criminosa que controla o setor, segundo relatório da Polícia Federal.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Combate aos cartéis Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Cegonheiros empresários: MPF apura se transportadoras decidiram punir e intimidar a Volkswagen"

  1. jose baaia de oliveira disse:

    e lamentavel que tudo que acontece neste cartel a justiça parece que nao tem o dever de punir ops culpado como na lava jato ja esta mais de que provado que este cartel faz e desfaz de nossa justiça de coraçao de mantega derretida com os poderosos e cruel com os nessecitado.

Os comentários estão encerrados