Juiz de Betim decreta indisponibilidade dos bens da Transportadora Gabardo

Determinação também atinge o empresário Sérgio Mário Gabardo. Além do impedimento de transferência dos veículos dos réus, liminar lista 14 imóveis. Empresário e transportadora gaúcha anunciaram que recorrerão da decisão.

O bilionário mercado de transporte de veículos novos volta a acirrar os ânimos com outra disputa judicial. Uma associação malconstruída foi parar no Judiciário de Minas Gerais. Há queixas dos dois lados, mas o juiz Lauro Sergio Leal, da 2ª Vara Cível da Comarca de Betim, acabou decretando a indisponibilidade dos bens do empresário gaúcho Sérgio Mário Gabardo e da empresa dele, a Transportes Gabardo. Por meio de liminar, o magistrado determinou o impedimento de transferência dos veículos e de mais 14 imóveis localizados em São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Espírito Santo. A decisão refere-se à ação de responsabilidade de sócios e administradores movida pela AG Log Transportes, cuja proprietária é Ana Cristina de Aquino Caillaux. A liminar foi expedida na terça-feira (27).

A autora reclama a integralização de capital social em empresa instituída em 2011, segundo ela, sob o comando do empresário gaúcho. Nessa sociedade, Cristiana contribuiria por meio de bem imaterial: know how. Na medida liminar, o magistrado argumenta que Ana Cristina alega ter investido em enorme estrutura para cumprir o contrato celebrado com a Renault, o qual, posteriormente, descobriu ser falso.

Na mesma decisão, o juízo deixou registrado:

“Outrossim, registre-se sobre a reversibilidade da presente decisão, se, por ventura, constatada não mais persistirem os requisitos para sua concessão.”

A ação foi retomada por decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (foto de abertura). O colegiado declarou nulo todos os atos praticados a partir do pedido de renúncia do direito que se funda a ação e determinou a retomada do processo pela 1ª Instância.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen