Justiça gaúcha manda Youtube retirar do ar mais dois programas editados na Bahia

Desde o início da ação cível movida pela Transportes Gabardo e seu proprietário, o empresário Sérgio Mário Gabardo, oito edições do programa Fala Bahia News apresentado por Everaldo Dantas foram retiradas do ar da plataforma do Youtube. Dois recursos levados ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul pela defesa do comunicador foram negados.

Do Rio Grande do Sul

Subiu para oito o número de edições do programa Fala Bahia News atingidas por ordens judiciais que determinaram “a imediata suspensão dos vídeos”. A mais recente ocorreu no dia 1º de novembro. A juíza Adriana Rosa Morozini, titular da 2ª Vara Cível da comarca de Canoas (RS) mandou retirar do ar mais dois programas comandados por Everaldo Dantas. Em um deles, o comunicador chegou a insinuar que a Justiça gaúcha poderia estar temendo “o poderoso chefão”, referindo-se ao poder econômico do empresário Sérgio Mário Gabardo, um dos autores da ação. Na mesma decisão, a magistrada negou, “por ora”, o pedido para que a conta do canal na plataforma fosse bloqueada.

Na mais recente decisão, Adriana Morozini se reporta “aos fundamentos já lançados nas decisões anteriormente proferidas, e determino a expedição de novo ofício ao Youtube (Google Brasil Internet Ltda., nos moldes dos anteriores, para a imediata suspensão da reprodução dos vídeos indicados”

Os vídeos atingidos pela decisão:

“Abandonado pelo patrão motorista da Gabardo morre na estrada após sair de hospital.”

“Ex-funcionários e ex-prestadores de serviços relatam ameaças e perseguições.”

A magistrada também manteve “a multa cominatória de R$ 1.000,00 (mil reais) por dia, no caso de descumprimento da ordem judicial, limitado o seu cômputo a 30 (trinta) dias, contados a partir de quando ficar caracterizado o inadimplemento da medida, ou seja, da data da ciência inequívoca, pela empresa destinatária da ordem, da decisão determinando a suspensão imediata dos vídeos em questão.”

Apesar de ter interposto dois recursos no TJRS, a 2ª vara cível de Canoas ainda não conseguiu citar Dantas.

Nota da Redação

O site Livre Concorrência mantém a posição de ser defensor incondicional do livre direito à manifestação e da liberdade de imprensa, sempre respeitando todos os limites e ditames estabelecidos pela legislação vigente, cabendo ao Poder Judiciário delimitar os eventuais excessos.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Justiça gaúcha manda Youtube retirar do ar mais dois programas editados na Bahia"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    POIS BEM, NOBRES AMIGOS QUE SEMPRE ACOMPANHAM ESSAS BRILHANTES MATÉRIAS EDITADAS NESSE PORTAL.
    A IMPRENSA JORNALÍSTICA, POSSUI TOTAL DIREITO DE DIVULGAR SUAS MATÉRIAS, DESDE QUE SEJAM LÍCITAS.
    NO CASO DESSA EMPRESA, JÁ FORAM CONSTATADOS SÉRIOS FATOS, ONDE ELES ATACAM UMA EMPRESA TRANSPORTADORA DE VEÍCULOS NOVOS, FABRICADOS EM NOSSO PAÍS, DIVULGANDO FAKE NEWS, CONTRA O ENTÃO PROPRIETÁRIO, O SR. SÉRGIO MÁRIO GABARDO, CIDADÃO ESSE DE INTEGRIDADE MORAL TOTALMENTE RESPEITADO, NO RAMO EM QUESTÃO.
    ELE SEMPRE APOIOU O SEU CARRETEIRO, DANDO AO MESMO, PODERES PARA ADMINISTRAR SUA BASE NO ESTADO DE GOIÁS, MAS, LOGO QUE OCORREU O FATO DE QUE ESSE SEU ALIADO, PASSARIA A FAZER PARTE DA FACÇÃO CRIMINOSA (POR TER SE COOPTADO AO GRANDE LÍDER), O EXCLUIU DE SUA EMPRESA, CORRETAMENTE!
    SENDO ASSIM, AS MATÉRIAS FALSAS DIVULGADAS NESSA REDE DA BAHIA, FOI BLOQUEADA E, JAMAIS PODERIA VOLTAR A OPERAR MESMO.
    SENDO ASSIM, CONSIDERANDO A NOSSA CONSTITUIÇÃO FEDERAL VIGENTE: EDITAR FALSAS MATÉRIAS, É CRIME FEDERAL SIM!
    NADA MAIS A COMENTAR!
    CUMPRAM AS LEIS E, PONTO FINAL PARA ESSA HISTÓRIA MACABRA, TOTALMENTE DESCABIDA!
    JÁ BASTAM AS CRISES RECENTES, JUDICIAIS, EM NOSSO PAÍS DEMOCRÁTICO! AQUI NÃO DEVE PREVALECER PODERES DITATORIAIS!
    SALVEM O NOSSO BRASIL!

Os comentários estão encerrados