Político e empresário mineiro não comparece à audiência e juiz extingue queixa-crime contra editor do site Livre Concorrência

A última das sete queixas-crime ajuizadas pelo político e empresário Vittorio Medioli e seu conglomerado de empresas contra o editor do site Livre Concorrência, jornalista Ivens Carús, foi arquivada nesta semana por ordem do juiz Márcio André Keppler Fraga, titular do Juizado Especial Criminal do Foro do 4º Distrito de Porto Alegre. A justificativa do magistrado foi a ausência de Medioli à audiência. O magistrado escreveu:

“Ante a falta de qualquer documento que pudesse comprovar o compromisso profissional do querelante (Medioli), que o impediu de comparecer à audiência designada, estou acolhendo o parecer ministerial de folha 101 e julgo extinto o feito, por força da perempção.”

Medioli, apontado em inquérito da Polícia Federal como o chefe da organização criminosa que controla o setor de transporte de veículos novos em todo o país, ajuizou queixa-crime, acusando o editor do site de promover calúnia e difamação, não só a ele como também às empresas Sada, Transzero, Dacunha e Brazul. O portal vem divulgando o andamento de ações dos órgãos públicos competentes, no combate ao chamado cartel dos cegonheiros, o que vem desagradando o atual prefeito de Betim (MG) e proprietário do grupo Sada.

Anteriormente, o juiz Fraga havia declinado da competência e encaminhou a queixa-crime para o Foro Central da capital gaúcha. Em maio deste ano, a juíza Carla Fernanda de Cesaro Hass, titular da 8ª Vara Criminal, rejeitou a queixa-crime movida pelas empresas, acompanhando a manifestação do Ministério Público. Ela determinou o encaminhamento da parte do autor Vittorio Medioli de volta para o Juizado Especial Criminal. A decisão de extinção ocorreu no último dia 13. Recurso protocolado pelos advogados do político e empresário deverá ser encaminhado para as Turmas Recursais.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Político e empresário mineiro não comparece à audiência e juiz extingue queixa-crime contra editor do site Livre Concorrência"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    É MEUS AMIGOS LEITORES DESTE MAGNÍFICO PORTAL, QUE FAZEM PARTE DAS TRANSPORTADORAS DE VEÍCULOS QUE FORAM IMPEDIDAS POR TANTOS ANOS, DE PRESTAR SEUS SERVIÇOS AFIM.
    SE NÃO FAZEM PARTE DO CARTEL JÁ DEFLAGRADAS A SUA EXISTÊNCIA, NÃO PODERIAM MAIS SER PENALIZADAS!
    ESTE CARTEL JÁ PREJUDICOU POR MUITOS ANOS, NÃO SOMENTE OS CONSUMIDORES FINAIS, COMO ALGUMAS OUTRAS TRANSPORTADORAS DE VEÍCULOS (NÃO COOPTADAS AO MESMO), ATÉ COM AÇÕES CRIMINOSAS JÁ CITADAS EM MATÉRIAS ANTERIORES.
    O FATO É, QUE NÃO EXISTEM DEFESAS A FAVOR DO CITADO AUTOR DESTA AÇÃO, POIS APENAS “EMPURRA COM A SUA BARRIGA” POR MUITOS ANOS, PARA FICAR ENTÃO DOMINANDO O MERCADO DESTES TRANSPORTES E, ENRIQUECENDO DIA APÓS DIA.
    ATÉ OS SINDICATOS VINCULADOS, TAMBÉM INVESTIGADOS, JÁ DEVERIAM TER SIDO FECHADOS, POIS SE APROPRIAM DE PESSOAS SEM O MENOR PADRÃO DE LICITUDE E, QUE JÁ FORAM CONDENADOS ANTERIORMENTE TAMBÉM, EM OUTRAS INSTÂNCIAS,
    ATÉ AS MONTADORAS DESTES VEÍCULOS, DEVERIAM SE ENQUADRAR NAS LEIS ORA VIGENTES, COMO A DA LIVRE CONCORRÊNCIA, NESTES TRANSPORTES.
    ELE SÓ NÃO COMPARECEU A AUDIÊNCIA, PORQUE JÁ SABIA QUE IRIA PERDER, HAJA VISTA QUE ESTE CASO SERIA TOTALMENTE INÚTIL.
    COMO O REDATOR CHEFE DESTE PORTAL NÃO SE CURVOU AOS SEUS DESMANDOS, RESOLVEU ENTÃO ATACÁ-LO EM VÁRIAS AÇÕES INFUNDADAS, MAS PERDEU A TODAS.
    A PERGUNTA QUE FAÇO É SIMPLES: – COMO PODE UM CIDADÃO DE NACIONALIDADE ESTRANGEIRA (ITALIANA), TER SIDO ELEITO PREFEITO DE UM MUNICÍPIO TÃO FAMOSO (BETIM), DO ESTADO TÃO IMPORTANTE PARA O NOSSO PAÍS, CAUSAR TANTO ESTRAGO FINANCEIRO, NÃO SOMENTE AO MUNICÍPIO, COMO AO POVO BRASILEIRO?
    SERÁ QUE SE FOSSE AO CONTRÁRIO, UM BRASILEIRO TERIA SE DADO TÃO BEM FINANCEIRAMENTE NO OUTRO PAÍS, HÁ TANTO TEMPO?
    FICAMOS SABENDO TAMBÉM, QUE OS COFRES PÚBLICOS DESSE MUNICÍPIO NÃO ANDAM TÃO BEM COMO PODERIAM ESTAR, NOS DIAS DE HOJE, POR QUÊ SERÁ?
    APUREM-SE E QUE AS LEIS SEJAM SUMARIAMENTE CUMPRIDAS, IMEDIATAMENTE!
    O BRASIL AGORA ESTÁ SOB NOVA DIREÇÃO!
    INSISTO EM DIZER ISSO, HÁ TODO INSTANTE!
    DIGAM: #NÃOAOSCARTÉIS!!!
    PARABÉNS SR. IVENS CARÚS!

Os comentários estão encerrados