Pela segunda vez consecutiva, Vittorio Medioli não comparece à audiência na Justiça gaúcha

O político e empresário Vittorio Medioli não compareceu à audiência dessa segunda-feira (17) no Juizado Especial Criminal do Foro do 4º Distrito de Porto Alegre, agendada pela Justiça gaúcha em 8 de outubro. Essa é segunda vez consecutiva que o proprietário do grupo Sada rejeita ficar frente a frente com o editor do site Livre Concorrência, jornalista Ivens Carús. Na primeira, em outra ação penal privada, que teve audiência em 5 de novembro, o Ministério Público pediu o arquivamento da queixa-crime movida pelo empresário contra o jornalista.

O juiz Márcio André Keppler Fraga ainda não decidiu qual rumo dará ao processo. Em novembro, o magistrado foi claro:

“Querendo ou não, ele (Vittorio Medioli) vai ter de vir de Betim para Porto Alegre.”

Tentativa de calar a imprensa
Na audiência dessa segunda-feira, a representante do Ministério Público chegou à conclusão, depois de ouvir o jornalista e o advogado dele, que as ações movidas contra o site Livre Concorrência são uma tentativa “de calar a imprensa”.

O advogado de Medioli justificou a ausência do autor das ações, apresentando ofício do governador eleito de Minas Gerais. Romeu Zema reuniu-se com cerca de 40 prefeitos da Região Metropolitana de Belo Horizonte, inclusive com Vittorio Medioli, que em em 2016 elegeu-se prefeito de Betim.

Essa foi a primeira vez que o magistrado ouviu o editor do site Livre Concorrência. O juiz pediu informações para se inteirar melhor sobre o assunto, a fim de firmar convicção. Ele abriu prazo para que o jornalista relate os fatos e junte documentos comprobatórios.

Medioli, Edson Pereira (diretor comercial da Sada) e as empresas do político e empresário de Minas Gerais movem oito ações contra o editor do site: seis queixas-crimes e duas ações de indenização. Outra queixa-crime ajuizada em Betim (MG), por sugestão do Ministério Público, que pediu a rejeição do processo, está sendo enviada para a comarca de Porto Alegre. Desde 2004, Medioli não conseguiu provar que as publicações do site Livre Concorrência são falsas.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen