Mobilização de cegonheiros contra apoio da Fiat/Jeep ao cartel já dura 60 dias em Pernambuco

Apesar das denúncias de deputados federais e de profissionais do setor, governo do Estado não se posiciona e a montadora continua descumprindo normas do Programa de Incentivo Fiscal do Setor Automotivo de Pernambuco (Prodeauto). “O Estado segue tomado de assalto pelo cartel dos cegonheiros”, afirma o sindicato da categoria.

A mobilização que cegonheiros filiados ao Sintraveic promovem em Pernambuco completou 60 dias no sábado. Os protestos se iniciaram com caminhões-cegonha estacionados nas principais avenidas de Recife. Em seguida, por ordem judicial, foram deslocados para a orla da praia de Boa Viagem. Atendendo à nova decisão da Justiça, os carreteiros estão parados às margens da BR-101, próximo à entrada da Fiat/Jeep. Eles prometem continuar o movimento até que a reivindicação seja atendida.

mobiliza-Pernambuco2_site

Sintraveic lançou campanha para divulgar os prejuízos causados pelo descumprimento do Prodeauto.

A categoria denuncia a existência de uma organização criminosa atuando dentro da montadora da Fiat/Jeep. Segundo cegonheiros daquele Estado, o cartel impede os pernambucanos de trabalhar.

“No começo, pensei que estávamos lutando para juntar a categoria dos cegonheiros de Pernambuco. Depois, imaginei que estava combatendo uma organização criminosa do transporte de veículos. Agora, confirmo que a real batalha é para que os cegonheiros de Pernambuco e o povo do nosso Estado sejam respeitados.”

José Milton de Freitas, presidente do Sintraveic

Desde o dia 8 de agosto que a entidade aguarda pela marcação de audiência com o governador Paulo Câmara. Sindicalistas ressaltam que querem levar pessoalmente ao conhecimento do chefe do Executivo pedido para que a Fiat/Jeep cumpra o que foi acordado com o Estado de Pernambuco. Várias tentativas foram feitas, mas Paulo Câmara tem se mostrado irredutível.

Formação de cartel e de quadrilha
No mês passado, o governador chegou a jantar com Vittorio Medioli, o CEO da Sada, antes da inauguração das novas dependências da empresa mineira em solo pernambucano. A Assembleia Legislativa do Estado fez uma festa para Medioli, condenado por crime contra o sistema financeiro e réu em ação penal, respondendo a acusação de formação de cartel e de quadrilha.

O Sintraveic conta com o apoio dos deputados federais Pastor Eurico e Gonzaga Patriota. Ambos têm se manifestado na tribuna da Câmara dos Deputados, denunciando a existência da organização criminosa no setor de transporte de veículos novos, que atua em todo o País. Mas nem mesmo com o apelo dos dois parlamentares do Estado no Congresso Nacional, o governador Câmara foi sensível.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen