Polícia de Jacareí segue investigando vandalismo e tentativa de homicídio registrados no bloqueio à fábrica da Caoa-Chery

Os atos de vandalismo e tentativa de homicídio registrados no final do ano passado no entorno da fábrica da Caoa-Chery, em Jacareí, seguem sendo investigados pelo 2º Distrito Policial da cidade localizada no interior de São Paulo. Com exclusividade ao site Livre Concorrência, a Secretaria da Segurança do Estado (SSP) de São Paulo informou que os crimes praticados contra veículos e funcionários da Transportadora Gabardo estão sendo apurados em dois inquéritos.

Os ataques foram deflagrados após a empresa gaúcha vencer concorrência aberta pela montadora para escoar os veículos produzidos em Jacareí até a rede de concessionárias da marca. Transportadoras ligadas ao cartel dos cegonheiros, que controla com mãos de ferro o setor, perderam a disputa.

Sobre a tentativa de homicídio, a secretaria de Segurança informa:

“A vítima foi ouvida, assim como algumas testemunhas, e exames
periciais foram anexados ao inquérito. A equipe segue realizando diligências.”

Em relação aos ataques contra os veículos da Gabardo, a SSP revela:

“Sobre as investigações de danos de automóveis, parte dos envolvidos prestou depoimento e os que moram em outras cidades estão sendo ouvidos nas respectivas delegacias, para as quais foram expedidas cartas precatórias para realização das oitivas.”

A nota foi emitida em 2 de agosto.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Polícia de Jacareí segue investigando vandalismo e tentativa de homicídio registrados no bloqueio à fábrica da Caoa-Chery"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    ESTAS AÇÕES NÃO PODEM JAMAIS FICAR IMPUNES, HAJA VISTA OS ATENTADOS CONTRA AS VIDAS DOS CARRETEIROS, ALÉM DOS PREJUÍZOS CAUSADOS À MONTADORA E À PRÓPRIA GABARDO, QUE PERDERAM SEUS EQUIPAMENTOS DE TRABALHO!
    QUANTO AO CARTEL, NADA MAIS TEMOS A DECLARAR, POIS TODOS OS LÍDERES DEVEM SER SUMARIAMENTE PRESOS, E SEREM OBRIGADOS A PAGAR PELOS PREJUÍZOS ORA CAUSADOS!
    O BRASIL PEDE SOCORRO!

Os comentários estão encerrados