Procon-MG multa Itaú por violar direitos do consumidor

As irregularidades foram flagradas pela equipe de fiscalização do órgão. A instituição bancária foi autuada e notificada para apresentar contestação, mas não se manifestou no prazo, conforme informou o órgão de defesa do consumidor em comunicado liberado nessa segunda-feira (3).

De Minas Gerais

O Procon-MG, órgão do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), aplicou multa de R$ 195 mil ao Banco Itaú Unibanco por não entregar senha de atendimento ao consumidor, não identificar assentos destinados a idosos, não dispor de cabines individuais nos caixas de atendimento ao público e não afixar placa, nos caixas, informando que há exemplar do Código de Defesa do Consumidor disponível para consulta. As irregularidades foram constatadas em agência localizada no Bairro Cruzeiro, em Belo Horizonte.

Em decisão administrativa, o Procon-MG esclareceu que o Itaú cometeu práticas infrativas que violam o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e a legislação que protege o consumidor.

As desconformidade foram flagradas durante fiscalização realizada pela equipe do Procon-MG em várias agências de diversas instituições bancárias da capital mineira. O banco Itaú foi autuado e notificado para apresentar contestação, mas não se manifestou no prazo, conforme informou o órgão de defesa do consumidor.

Foto: Procon-MG

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen