Relações comerciais da JSL com a Tegma são antigas e devem se intensificar com a aquisição da Transportadora paranaense

As relações comerciais da Júlio Simões com a Tegma Gestão Logística (um dos alvos da Operação Pacto) devem se intensificar a partir da aquisição da Transportadora Transmoreno, responsável por parte do escoamento da produção das montadoras Renault e Nissan. Isso porque a Tegma adquiriu o controle acionário da CatLog, operadora logística da marca Renault. A Nissan pertence ao mesmo grupo econômico, segundo documentos entregues pelas montadoras no inquérito administrativo que apura prática de infrações à ordem econômica em tramitação no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Júlio Simões e executivos da Tegma já possuem relações comerciais desde há mais tempo. Em 2013, por R$ 65 milhões, a JSL adquiriu a Movida Locação de Veículos, de propriedade de dois executivos da Tegma, ambos réus em ação penal movida pelo Gaeco de São Bernardo do Campo (SP): Mário Sérgio Moreira Franco e Fernando Luiz Schettino Moreira. Integram o banco dos réus com outros quatro executivos da Tegma e quatro do grupo Sada, além de ex-presidentes do Sindicato dos Cegonheiros de São Paulo (Sinaceg) e da Associação Nacional das Empresas Transportadoras de Veículos (ANTV). Todos são acusados de formação de cartel e de quadrilha. (Foto de abertura meramente ilustrativa/Arquivo Livre Concorrência)

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Relações comerciais da JSL com a Tegma são antigas e devem se intensificar com a aquisição da Transportadora paranaense"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    AMIGOS QUE NÃO FAZEM PARTE DESSE CARTEL.
    É EVIDENTE QUE SE A JSL TEM VÍNCULO COM A TEGMA, QUE SEMPRE FOI INTEGRANTE DESSA ORGANIZAÇÃO, DEVERÁ SER INVESTIGADA TAMBÉM, NA MESMA INTENSIDADE!
    A TEGMA (EMPRESA ALEMÃ), ATUOU E ATUA ATÉ OS DIAS DE HOJE, COMO UM DOS BRAÇOS FORTES DESSA QUADRILHA SIM. ISSO JÁ É UM FATO DEVIDAMENTE INVESTIGADO. AGORA FICAM DIZENDO QUE NÃO FARIA PARTE DO CARTEL, O QUE É UMA GRANDE FARSA!
    OS RÉUS ACIMA CITADOS, SÃO INTEGRANTES QUE SEMPRE COORDENARAM O CARTEL, COM O SEU LÍDER MAIOR, QUE É PREFEITO DE BETIM-MG E PROPRIETÁRIO DO GRUPO SADA E MAIS OUTRAS 3 TRANSPORTADORAS (BRAZUL; DACUNHA E TRANSZERO), ESSE PREFEITO ATÉ SOLICITOU O FAMOSO “FORO PRIVILEGIADO”, MAS FOI NEGADO PELO STF, DE FORMA LÍCITA E CLARA. ESSE “FORO”, NÃO AUTORIZA DESEMPENHO DE ATIVIDADES DE FIRMAS EMPRESARIAIS. FORA DAS ATIVIDADES POLÍTICAS. FATO ESSE QUE EU APLAUDI!
    EVASÃO DE DIVISAS, É CRIME FEDERAL!
    CUMPRAM-SE AS LEIS!
    DOA A QUEM DOER!

Os comentários estão encerrados