Senadores aprovam indicação de Alexandre Cordeiro para o Cade

O atual superintendente-geral da autarquia foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para presidir o órgão antitruste.

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou nessa segunda-feira (5) a indicação de Alexandre Cordeiro Macedo para o comando do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Atual superintendente-geral do órgão antitruste, Macedo foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a presidência do Cade. Ele é ligado a um dos líderes do Centrão – o presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI).

Na sabatina, Macedo revelou preocupação com o domínio das big techs. Disse aos senadores que o Cade pode agir para evitar concentrações no mercado de economia digital.

Também falou sobre os desafios do Cade no pós-pandemia. O site Poder 360 registrou:

“O número de fusões e aquisições tem aumentado significativamente e é possível perceber uma consolidação natural dos mercados. O crescimento da economia vai impingir uma nova dinâmica no mercado, a demanda reprimida durante todo esse tempo e liberada a curto prazo possivelmente vai exercer forte pressão sobre os preços e qualidade dos produtos, e a concorrência é uma forma de mitigar esses efeitos.”

A serviço do Bolsonaro contra a Globo
O site Intercept Brasil revelou que Macedo, desde 2019, envolveu-se diretamente em processos iniciados no Cade contra a Globo Comunicação. A reportagem acrescenta:

Em todos eles, Cordeiro se envolveu diretamente e de forma incomum no andamento da investigação. Foi o gabinete do superintendente-geral que produziu documentos decisivos – e não as coordenações-gerais, que normalmente são as responsáveis por apurar as denúncias, elaborar e assinar as notas técnicas. Nos casos que envolvem o grupo Globo, contudo, a assinatura de Macedo aparece até nessas notas.

Macedo substituirá Alexandre Barreto, cujo mandato se encerrou em 21 de maio.

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Senadores aprovam indicação de Alexandre Cordeiro para o Cade"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    POIS É, MEUS AMIGOS QUE SEMPRE ACOMPANHAM AS MENSAGENS DESSE PORTAL MAGNÍFICO.
    NA MINHA OPINIÃO, SE O PRESIDENTE DA REPÚBLICA O INDICOU, É PORQUE ELE POSSUI LEGITIMIDADE PARA ESSA FUNÇÃO. SENDO ASSIM, NADA A DECLARAR CONTRA ESSA NOMEAÇÃO.
    VAMOS AGUARDAR OS NOVOS ACONTECIMENTOS, PARA ENTÃO COMEMORARMOS JUNTOS SUAS ATIVIDADES NA NOVA FUNÇÃO.
    PARABÉNS, NOBRE PRESIDENTE DA REPÚBLICA!
    “BRASIL ACIMA DE TUDO. DEUS ACIMA DE TODOS!”
    ESSE É O TEMA ATUAL DE NOSSA NAÇÃO!

Os comentários estão encerrados