TRF1 vai julgar em janeiro apelação do MPF contra decisão do Cade

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) incluiu na pauta de julgamento de 22 de janeiro de 2018 a apelação do Ministério Público Federal (MPF) contra decisão de 1º grau que manteve o arquivamento de processo para investigar formação de cartel no transporte de veículos novos no País. A suspensão foi solicitada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Depois de tramitar por cinco anos no TRF1 sem qualquer decisão, os desembargadores federais da 6ª Turma irão decidir o destino da ação.

Em 2008, o Cade arquivou o processo contra o Sindicato dos Cegonheiros de São Paulo (Sinaceg, ex-Sindicam) e a Associação Nacional das Empresas Transportadoras de Veiculos (ANTV). Embora todos os organismos envolvidos tenham pedido a condenação, o órgão antitruste alegou não ter encontrado provas. Na época, o Conselho era presidido por Elizabeth Farina, mulher de Laércio Farina, advogado do Sinaceg,

No ano passado, o Procurador Federal da República Lafayete Josué Peter apresentou representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), reclamando da demora no julgamento da apelação por parte do TRF1. Em 5 de julho, o Tribunal chegou a colocar a apelação na pauta de julgamento, sem que o MPF tivesse se manifestado. Houve nova reclamação para que o julgamento não acontecesse. Desta vez parece que finalmente a situação será definida.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen