Urgente: Polícia Federal, Cade e Gaeco deflagram nova operação contra o cartel dos cegonheiros

De acordo com as investigações, há suspeitas da prática delitiva consubstanciada no ajuste ou acordo, entabulado por pessoas físicas ligadas a sociedades empresariais e sindicato do segmento do transporte de veículos automotores novos, para a dominação do mercado ou a eliminação total ou parcial da concorrência.

De São Paulo

A Polícia Federal e o GAECO – Núcleo do ABC, com participação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), deflagraram nesta terça-feira (29/8), a Operação Ciconia para cumprir seis mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo/SP. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso.

A operação visa apurar a existência de “Cartel de Cegonheiros” – segmento do transporte de veículos automotores novos –, que configuraria a prática de crime contra a ordem econômica, bem como eventual crime de Organização Criminosa.

De acordo com as investigações, há suspeitas da prática delitiva consubstanciada no ajuste ou acordo, entabulado por pessoas físicas ligadas a sociedades empresariais e sindicato do segmento do transporte de veículos automotores novos, para a dominação do mercado ou a eliminação total ou parcial da concorrência.

Os investigados poderão responder por crime contra a a ordem econômica (art. 4º da Lei 8.137/90), associação criminosa (art. 288 do Código Penal) e crime de organização criminosa (art. 2º, caput, da Lei nº 12.850/2013).

A designação da operação faz alusão ao gênero de aves da família das cegonhas.

Em 17 de outubro de 2019, Polícia Federal, Cade e Gaeco deflagraram a Operação Pacto para aprofundar outra investigação contra a ordem econômica no mesmo setor. A apuração revelou:
– Financiamento de greve de cegonheiros para impedir o ingresso de novos agentes econômicos no mercado.
– Repasses milionários de recursos a sindicatos, entre eles o Sindicato Nacional dos Cegonheiros (SInaceg), já condenado por participação em cartel.
– Relação promíscua entre transportadoras e sindicato investigados.
– Mapeamento de divisão de mercado.
– Contratos de prestação de serviço entre empresas concorrentes.
– Troca sistemática de informações consideradas comercialmente sensíveis.

Na Operação Pacto, cerca de 60 policiais federais — auxiliados por técnicos do Cade e por promotores do Gaeco — vasculharam a sede do Sintravec-ES, na cidade de Serra (ES). Também estiveram nos escritórios de transportadoras dos grupos Sada e Tegma Gestão Logística. As buscas e apreensões alcançaram ainda a matriz da transportadora Transcar, no município de Simões Filho (BA).
(Com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública/Polícia Federal de São Paulo.) Crédito da imagem: Polícia Federal.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Urgente: Polícia Federal, Cade e Gaeco deflagram nova operação contra o cartel dos cegonheiros"

  1. Luiz Carlos Bezerra disse:

    Contra os fatos não há resistência!
    Decretem o “Fim da linha”, pra essa terrível “Facção Criminosa ” implantada em nosso Brasil, Srs. JUIZIS E DESEMBARGADORES Atuantes nesses Processos!
    Só temos é que parabenizar a Justiça de nosso País, principalmente esse Portal, por editar essas matérias, sempre Lúcidas e Brilhantes!
    Nada mais a comentar!

Os comentários estão encerrados