Volks e BMW são condenadas a pagar multa de mais de um bilhão de dólares

Montadoras foram acusadas de formação de cartel para atrasar o lançamento de novas tecnologias destinadas a reduzir a emissão de gases poluentes.

A Volkswagen e a BMW foram condenadas a pagar multa de 875 milhões de euros (mais de um bilhão de dólares) por fraudar a livre concorrência. Em nota oficial, a comissária europeia de Concorrência, Margrethe Vestager, afirmou que as duas montadoras “violaram as regras anticoncorrência da União Europeia”.

Outra montadora, a Daimler, também foi declarada culpada, mas não foi multada por ter denunciado o cartel. A condenação refere-se ao conluio entre as marcas para atrasar o lançamento de novas tecnologias de limpeza de gases poluentes.

Em nota divulgada em 8 de julho, Vestager justificou a condenação das três empresas, além da Audi e da Porsche:

“As marcas têm a tecnologia para reduzir as emissões perigosas, para além do que é legalmente exigido pelos padrões europeus. Mas evitaram a concorrência no uso do potencial dessa tecnologia.”

Ela acrescentou:

“A União Europeia não tolera quando empresas conspiram.”

E ressaltou:

“Não hesitaremos em tomar ações contra qualquer forma de cartel que ameace os esforços adotados em matéria de redução de emissões.”

A comissária revelou que “durante cinco anos, Daimler, BMW e Volkswagen conspiraram para evitar a concorrência em reduzir emissões para além do que é exigido por lei, apesar de terem tecnologia disponível”. Todas as partes admitiram participação no cartel

Os fabricantes decidiram limitar a introdução de ureia (“AdBlue”) nos motores a diesel, o que diminuiu a capacidade de reduzir emissões.

Pela medida, a Volkswagen recebeu uma multa de 502 milhões de euros (em torno de US$ 590 milhões), e a BMW, de 372 milhões de euros (US$ 440 milhões).

Em um comunicado, a BMW acusou a Comissão Europeia de entrar, com sua decisão, em “território inexplorado para a legislação antitruste”, já que a investigação não se referia a acordos territoriais, ou para manipular preços, mas impôs multas mesmo assim.

Para a construtora, as acusações da Comissão são “exageradas e injustificadas”.

ANTV BID da Volkswagen Cade Cartel dos cegonheiros Fiat Ford Formação de cartel Gaeco GM Incêndios criminosos Jeep Justiça Federal Luiz Moan MPF Operação Ciconia Operação Pacto Polícia Federal Prejuízo causado pelo cartel Sada Sinaceg Sindicam Sintraveic-PE Sintravers STJ Tegma Tentativa de censura Transporte de veículos Transporte de veículos2 Transporte de veículos novos TRF-4 Vittorio Medioli Volkswagen

Um comentário sobre "Volks e BMW são condenadas a pagar multa de mais de um bilhão de dólares"

  1. LUIZ CARLOS BEZERRA disse:

    POIS É, MEUS AMIGOS QUE LÊEM ESSE BRILHANTE PORTAL.
    NA EUROPA, AS LEIS SÃO BEM RÍGIDAS E ELES AGEM DE FORMA MAIS RÁPIDA NOS JULGAMENTOS DE CRIMES CONTRA A POPULAÇÃO E PRINCIPALMENTE COM RELAÇÃO AO MEIO AMBIENTE.
    LÁ AS LEIS SÃO CUMPRIDAS.
    DOA A QUEM DOER!
    ELES NÃO DÃO ESPAÇO PARA CORRUPÇÕES!
    LÁ TODOS SÃO CONDENADOS MESMO!
    AQUI NO BRASIL, AS LEIS TAMBÉM DEVERIAM AGIR DESSA FORMA MAIS RÁPIDA, POIS SÓ ASSIM OS CARTÉIS SERIAM SUMARIAMENTE EXTINTOS DE IMEDIATO!
    DURA LEX, SED LEX! (A LEI É DURA, MAS É LEI!).
    ESSE É O LEMA.
    DEMORANDO UM POUCO MAIS OU NÃO, AQUI TAMBÉM SERÃO CUMPRIDAS. ASSIM ESPERO.
    PRA FRENTE BRASIL!

Os comentários estão encerrados